A prevenção de problemas odontológicos é nossa preocupação, e deve ser preocupação de todos. Seguem abaixo algumas dicas que, quando seguidas, podem colaborar – e muito – para sua saúde bucal:

» Visite seu dentista a cada seis meses, mesmo não sentindo dor;
» Alimentação saudável, rica em cálcio e sais minerais, contribui para uma dentição perfeita;
» A escova de dente ideal deve alcançar os dentes do fundo, ter cerdas arredondadas da mesma altura e ser macia ou média;
» Use fio dental antes da escovação, assim, seus dentes ficarão livres dos resíduos mais difíceis de alcançar;
» Após as refeições escove sempre seus dentes, pois os restos alimentares transformam-se em ácidos que podem destruir o esmalte dos dentes;
» Previna-se de cáries evitando comer a toda hora, já que a alta frequência de alimentos na boca favorece a acidificação da saliva;
» Evite alimentos aderentes e pegajosos, como balas e doces;
» As crianças são incentivadas à escovação quando assistem a escovação dos adultos, os quais devem colaborar dando-lhes escovas apropriadas antes mesmo dos dois anos;
» Bochechar com soluções fluoretadas fortalece os dentes e combate problemas gengivais;
» A dor de dente – causada por cárie, desgaste do esmalte, retração da gengiva, infecção de canal, formação imperfeita da arcada dentária, inflamação da gengiva, entre outros – pode ser evitada com um bom trabalho de prevenção e acompanhamento de seu cirurgião-dentista;
» Os dentes de leite servem de base para o posicionamento dos dentes permanentes, além de auxiliarem no desenvolvimento infantil quanto à digestão, articulação de palavras e estética. Portanto, também merecem atenção especial;
» Os dentes dos bebês devem ser limpos com escova unitufo ou cotonete, gaze ou ponta de fralda umedecida. Com isso, evita-se cáries que, por mais incrível que seja, podem aparecer nos primeiros dentinhos, causadas por mamadeiras ou alimentação doce.